Retrospectiva Netflix de 2017: Um Ano de Maratonas

Uma retrospectiva das séries que definiram o ano dos brasileiros

Neste último ano, os brasileiros aprenderam a lavar dinheiro (Ozark), como pensam os assassinos em série (MINDHUNTER), que a vida é mais divertida com luta livre (GLOW) e que continua perigosa mesmo sem Pablo (Narcos). Além disso, relembraram que não se deve mexer com a Eleven (Stranger Things), mas não descobriram quem desenhou os pintos nos carros (American Vandal).

O ano de 2017 trouxe muito aprendizado e muita Netflix para assinantes ao redor do mundo, que assistiram a mais de 140 milhões de horas por di

a (ou mais de 1 bilhão de horas por semana). O ano começou com muita maratona, porque o dia em que a Netflix foi mais assistida em 2017 foi logo o domingo, 1º de janeiro. Já no Brasil, o dia com mais maratonas no ano também foi um domingo, 20 de agosto, e a série brasileira 3% foi a segunda mais devorada no mundo.

O México teve a maior quantidade de assinantes a assistirem à Netflix num mesmo dia, enquanto o Brasil ficou com o sexto lugar neste ranking mundial de maratonas na Netflix. O amor por suas maratonas fez com que mais de mil pessoas em todo o mundo pedissem a Netflix em casamento em 2017.

Mas foi um brasileiro que registrou um feito impressionante, assistindo ao filme “Ratatouille” 344 vezes. Em média, um assinante assiste a 60 filmes por ano na Netflix.

Por fim, o que marcou o ano de 2017 não foi só o que os brasileiros assistiram, mas como assistiram. Este foi o ano das maratonas, mas nem sempre da mesma maneira algumas séries foram devoradas, outras saboreadas, algumas aproximaram as pessoas para assistir juntas e outras até levaram os casais a traírem seus companheiros com suas maratonas para não terem que esperar para verem o que acontece em um episódio novo.

Séries devoradas pelos brasileiros em 2017Séries devoradas pelos brasileiros em 2017Em 2017, os brasileiros escolheram devorar (sessões mais de 2 horas por dia) séries de sci-fi como Travelers e The OA, e dramas policiais como Ingobernable e Suburra para escapar da realidade. A obsessão por identificar o culpado nos fez consumir American Vandal e The Keepers rapidamente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram
Luan Morais

Luan Morais

Analista de Suporte e Infraestrutura | Criador da página TI da Depressão | Fundador Hub da TI. Quer conversar sobre tecnologia? Manda um e-mail para: E-mail para: contato@techdicas.net.br
Luan Morais

Luan Morais

Analista de Suporte e Infraestrutura | Criador da página TI da Depressão | Fundador Hub da TI. Quer conversar sobre tecnologia? Manda um e-mail para: E-mail para: contato@techdicas.net.br